Brasão de armas

(Brasão de armas)
Brasão de Armas
Brasão de Armas

O Brasão de Armas e a Bandeira, duas referências da cidade, foram instituídas pela Lei Municipal n° 330, de dezembro de 1959, na gestão do prefeito Omar Duarte de Magalhães, e elaborada por uma comissão composta pelos historiadores, Srs. Gustavo Barroso, Maciel Pinheiro e, ainda, pelo heraldista Sr. Alberto Lima.

Bandeira de Teresópolis
Bandeira de Teresópolis

O texto legal conta com a seguinte redação:

Escudo português terciado em faixa, representando os três distritos do município; na primeira faixa, em campo de vermelho, a coroa imperial do Brasil, de ouro, ladeada por duas estrelas do mesmo metal; na segunda faixa, em campo de prata, a silhueta da serra dos Órgãos, destacando-se o pico do Dedo de Deus, tudo de negro; na terceira faixa, em campo verde, atravessando, um rio de prata aguado de azul. Um listão de ouro com as datas 1855 e  1891, ladeado a palavra TERESÓPOLIS, tudo de vermelho. Como suportes, duas palmas de palmeiras imperiais de verde, ligadas pelos talos ao listão. Conjunto encimado pela coroa mural de cinco torres de prata“.

Brasão de Armas
Lei Municipal nº 330
www.teresopolis.info
Brasão de armas

Brasão de armas

Capital brasileira do montanhismo